yrhrh

hdhdfhdfhdhdh


Avaliação:


Deixe aqui registrada a avaliação deste encontro: pontos negativos, positivos, sugestões.

1°) Clique no EDIT no menu superior
2°) Digite suas contribuições. Lembre-se da sua identificação: nome, escola, email, data.
3°) Clique em SAVE para salvar suas alterações


external image disco_rigido.gif


::Tarefa proposta em 08/06/06::



Nome : Karen e Roseli
Escola : :Italo e Governador
Email : [[mailto:kmzcaxias@ig.com.br|]]kmzcaxias@ig.com.br|e [[mailto:roselidemoraes@brturbo.com.br|]]roselidemoraes@brturbo.com.br
Avaliação :
Nós, Roseli e karen, queremos dizer que , fora as várias respostas apagadas que essa ferramenta fez com o nosso trabalho, ela é interessante, pois tudo o que pode variar nossa prática e deixar o trabalho mais atraente é bem-vindo.

Sobre as idéias do Lino, o que precisamos é achar o caminho para lidar melhor com as diferenças e semelhanças em todos os níveis da escola(alunos, colegas, pais, funcionários), pois lidando já estamos, mas talvez não da melhor forma e mais satisfatória para todos.

Quem souber como, por favor, nos avise rapidamente!!!

Nome : Gilse e Eloi
Escola :Tancredo e João De Zorzi
Email :
Avaliação :Foi importante conhecer uma nova ferramenta,que irá auxiliar muito o nosso trabalho no Laboratório de Informática,sendo que todo trabalho desenvolvido de maneira prática e teórica ajuda a desenvolver habilidades e competências.

Temos que aprender a trabalhar, conviver e respeitar as diferenças, pois elas diariamente se apresentam a nós de diferentes formas. Nos assustam e ao mesmo tempo nos desafiam. temos dificuldades, pois nossa cultura de semelhanças, ou seja de classificação e encaixes, faz com que nos acomodemos, pois isso é confortável. Porém, não nos faz crescer como profissionais e principalmente como seres humanos. Aprendendo a olhar com carinho e criticamente, percebendo que aquelas diferenças são naturais num contexto social tão amplo, poderemos mudar nossa forma de pensar e agir, evitando desta assim a discriminação, e nos levando ao crescimento. A partir da leitura do texto, bastante profundo e muiiiito interessante, percebemos o quanto é equivocada nosso entendimento sobre semelhanças e diferenças. Percebemos que em tudo e em todos, existem as tais diferenças e semelhanças, que elas se complementam, e que, infelizmente, só damos valor para as semelhanças. Valeu para abrirmos os olhos e nos darmos conta da importância da diversidade.
Suzete Simone e Janete

Nomes: Gilse Boss e Izamara Monteiro
Escolas: Érico Veríssimo e Padre João Schiavo
Email: [[mailto:gbboss@uol.com.br|]]gbboss@uol.com.br|/ [[mailto:izaborg@terra.com.br|]]izaborg@terra.com.br
Avaliação: O encontro de hoje foi no tamanho certo para conseguirmos discutir e concluir a tarefa e ótimo porque tivemos acesso a mais uma ferramenta de trabalho.
Sugestão: Que os encontros continuassem acontecendo no NTE, porém com um grupo trabalhando no laboratório de Linux e o outro trabalhando no laboratório de Windows ou intercalando os sistemas operacionais.




Semelhanças - iguais
Diferenças - não iguais
devemos , em primeiro lugar conhecer e respeitar as habilidades de crescimento , conhecimento, limites individual de cada um, suas competêncais para trabalhar a inclusão de todos procurando a inclusão de todos numa so
ciedade melhor.
A construção do conhecimento deve ser realizada entre as diferenças e semelhanças para haver um equilíbrio. Jussara Biasuz

Nome: Daniela Peruchin e Leandro de Moura
Escola: CAIC e Erny de Zorzi
Email: dperuchi1@yahoo.com.br e mouralean@yahoo.com.br
Avaliação: Um dos pontos positivos foi o local do encontro: o NTE é central e possui um bom estacionamento (e gratuito!!!). O encontro de hoje foi produtivo, no sentido de repensarmos nossa prática pedagógica: no dia-a-dia, trabalhando com pessoas, temos que ter consciência de que uma é diferente da outra, com idéias e crenças diferentes. Precisamos aprender a respeitar a opinião, o modo de pensar e agir, sem excluir nem desmerecer o outro.
Sugestão: proporcionar um espaço de tempo, para cada dupla explorar um jogo ou programa (Draw, Tabela Periódica... por exemplo) e após socializar as descobertas. E também para colocar as dúvidas/dificuldades operacionais. Sendo aqui no NTE, poder-se-ia dividir a turma em grupos, explorando tanto o Windows quanto o Linux, conforme a necessidade de cada um.

Nome: Elisabete e Vania
Escola: Angelo Francisco Guerra e Dezenove de Abril
Email: vaniamcemin@yahoo.com.br
Os profissionais da educação têm buscado constantemente estudar e buscar alternativas para se desvincular da prática da cultura do semelhante. Na escola são criadas estratégias para que ninguém fique excluído e onde todos sintam-se e sejam contemplados com o melhor no que se refere à educação. Não basta "misturar" diferenças na sala de aula para incluir. É preciso reconhecê-las e respeitá-las. Elisabete e Vania

Avaliação: O assunto abordado foi muito significativo. A escolha da estratégia para o estudo do tema foi lúdica, interessante e atingiu os objetivos propostos.

RESPOSTA TAREFA 5
SÍNTESE:
1) Semelhança: conhecido;
2) Diferença: Desconhecido
3) Semelhante aliado ao diferente;
4) Respeitar para aceitar e mudar;
Rejane e Tatiana
AVALIAÇÃO


Gostamos da dinâmica do trabalho. Texto acessível e de um encontro com realidade. O local bem escolhido. Recados foram passados rapidamente e nos centramos na atividade.
Pontos negativos: Não foi gincana pois não houve pontuação e Prêmios....Ah! Ah! Ah!

Parabéns lindinhas!

Rejane e Tatiana

AVALIAÇÃO - ANA CLAUDIA E TATIANA
Gostamos do local do encontro, de fácil acesso. O texto também foi interessante, porque nos fez pensar e refletir. A exploração da ferramenta também foi produtiva, pois pudemos fazer os dois ao mesmo tempo: ler e aprender a usar wikispaces. Abaixo segue a síntese do que foi visto, a última tarefa:
Somos iguais em tantas coisas, pois somos todos seres humanos, mas às vezes uma pequena diferença nos faz infelizes e desestrutura nossa vida e nosso trabalho, pois não estamos aptos a lidar com as diferenças.
Como já afirmamos anteriormente, não há uma fórmula pronta, mas cada um tem de fazer sua parte.
Somos iguais em tantas coisas, pois somos todos seres humanos, mas às vezes uma pequena diferença nos faz infelizes e desestrutura nossa vida e nosso trabalho, pois não estamos aptos a lidar com as diferenças.
Como já afirmamos anteriormente, não há uma fórmula pronta, mas cada um tem de fazer sua parte.


Não cabe,no mundo de hoje , admitir práticas que não envolvam a inclusão das diferenças. A mescla da diversidade e da singularidade nos leva a um desafio e a utilização do bom senso para atingirmos a todos.
LUCIANE E YARA

As semelhanças e diferenças devem ser respeitadas igualmente pois uma não é mais importante que a outra, as duas se complementam para que possa haver inclusão. Para isso deverá haver o respeito, a aceitação e ações responsáveis e comprometidas. Márcia e Zelia
Nome: Márcia e Zelia
Escola: Renato João Cesa e Manoel Pereira dos Santos
E-mail: marcia.biesek@gmail.com e zeliabboff@bol.com
Avaliação: Um dos pontos que consideramos muito positivo é o local do encontro que é de fácil acesso. O assunto do trabalho, como reflexão, também foi muito importamte bem como a dinâmica para a escolha da dupla que permitiu ter contato com colegas que poucas vezes se teve.
Sugestão: proporcionar um espaço de tempo, para explorar um jogo, atividade diferente ou programa e socializar as descobertas.


Geovana (Arnaldo Ballvê)
vana_roncen@yahoo.com.br

AVALIAÇÃO

O local do encontro foi bem escolhido . Os recados do início foram claros e objetivos. A proposta de trabalho foi tão prazerosa que não houve demora em retomarmos as atividades após o intervalo.
Parabéns, meninas, continuem....
Ponto negativo : Não teve chimarrão.


O respeito as semelhanças e diferenças é uma grande "arma" para concretizar a inclusão. Através do afeto, doação e respeito podemos garantir o espaço de cada um e consequentemente o nosso.

Basílio Tcacenco – Simone Parmeggiani
Governador Roberto Silveira – Maria Olivia

Foi interessante a descoberta e manuseio de uma nova ferramenta da web, mesmo ainda não possuindo a disponibilidade de internet.Referente ao texto, ocorreu a abordagem de uma questão atual que exige uma mudança de postura por parte dos profissionais da educação.

Ivanete e Roges


O conhecimento de novas ferramentas possibilita a aprendizagem, para quem tem internet esta ferramenta e boa, de fácil manuseio e entendimento.
Rose e kiki
external image DSC_9843t.jpg----





Garotas! Como no encontro "esqueci" de fazer esta parte, aqui estou eu fazendo o tema.
Adorei o encontro, foi muito bem preparado desde a técnica para formar as duplas até a atividade desenvolvida utilizando teoria e prática ao mesmo tempo. PARABÉNS!
SUGESTÃO: Que as próximas reuniões sejam em um lugar mais central, o CALDAS de preferência. Eh,Eh,Eh...
Angela
E.M.E.F.Caldas Júnior
angelmc04@yahoo.com.br