::Tarefa 1::Tarefa 3::Tarefa 4::Tarefa 5::

Tarefa 2


Lino de Macedo afirma que "o conhecimento como semelhança só se completa ou complementa pela diferença".

Comente a afirmação do autor e dê sua opinião quanto a interdependência destes conceitos: semelhanças e diferenças na construção de conhecimentos no dia-a-dia escolar.
external image natureza.gif

Imagem em http://www.dixieware.com.br/natureza.gif

::Tarefa proposta em 08/06/06::


Para inserir seus registros, clique em EDIT; faça suas considerações, lembrando de colocar seu nome e a DATA; salve clicando em SAVE.

Consideramos que as diferenças são na verdade o essencial,que caracterizam o verdadeiro conhecimento apartir das semelhanças na construção dos conhecimentos diários. Gilse( Tancredo) e Eloi.

Leandro e Dani: É importante, ao analisar uma situação observarmos além das semelhanças com o já conhecido, os pontos que divergem: as diferenças - idéias novas, pois é nelas que podemos encontrar elementos fundamentais para a compreensão do todo. As semelhanças e diferenças se complementam a fim de que possamos aprimorar o conhecimento da situação ede nós mesmos.

Se tudo for sempre igual, todos pensarem da mesma forma, se nunca houver a dúvida ou a discordância, não haverá avanço no pensamento, pois, como já se sabe, só quando estamos em desequilíbrio é que procuramos nova segurança. Isso é o que a diferença proporciona. Roseli e Karen

(Geovana e Maria Izabel) Acreditamos sim que em todos os momentos da nossa vida é na troca de experiências, no diálogo, na partilha, elaboração de hipóteses, tentativas, erros e acertos é que se constrói o conhecimento, visto que ele é dinâmico e não estático.Isto ocorre também nas relações interpessoais.A educação, atualmente, visa a inclusão e não a exclusão.

Conforme resposta anterior, as diferenças te fazem procurar outros caminhos e outras formas de pensar e agir. Na falta de parâmetros se faz necessário conceituar, aprender, criar, construir.
Suzete Simone e Janete

Se tudo for sempre igual, todos pensarem da mesma forma, se nunca houver a dúvida ou a discordância, não haverá avanço no pensamento, pois, como já se sabe, só quando estamos em desequilíbrio é que procuramos nova segurança. Isso é o que a diferença proporciona. Roseli e Karen
O conhecimento se amplia com a contribuição do diferente. Os semelhantes por serem semelhantes possuem a mesma linha de pensamento, já o diferente por ser diferente vai fazer outros tipos de interferências, o que levará o grupo a reestruturar os seus questionamentos e ações.
Gilse Boss e Izamara Monteiro

Se o mundo fosse tudo rosa, seria maçante, por isso deve existir as diferenças para haver uma construção, uma criação, levando a reestruturação dos questionamentos.
O exemplo utilizado pelo autor nos faz compreender o quanto as semelhanças e diferenças se complementam. Todos somos únicos, mas necessitamos das relações com os outros para exercitarmos as diferenças.
LUCIANE E YARA.

No dia a dia da escola temos que conviver com as semelhanças e as diferenças de forma que as duas possam interagir, onde o educando e educador achem uma forma de relacionamento onde não importa o que? Porque? Como? Somos, mas sim o que podemos fazer para conviver num universo com múltiplas possibilidades.
Stela - Rosa

O desenvolvimento humano só é possível se houver a apreensão de novos conhecimentos que permitam que as diferenças tornem-se semelhanças no seu dia-a-dia. Para isso ocorrer é preciso o interesse em buscar o diferente para que isto se torne significativo na sua vida. Observamos que geralmente é mais fácil trabalharmos com o semelhante, mas entendemos que temos que incluir e respeitar o diferente.
Tatiana e Rejane

Só podemos perceber as diferenças se conhecemos as semelhanças. As semelhanças são percebidas através de critérios de classificação e as diferenças são percebidas pela lógica das relações. Márcia e Zelia

As semelhanças e diferenças relacionam-se de modo interdependente, indissociável. A partir das semelhanças percebemos o diferente. A consciência do diferente é que pode possibilitar o crescimento. O diferente instiga, abala, movimenta...

Cati e Rosângela


O primeiro passo para que realmente aconteça aprendizagem é o respeito às diferenças. Tentar fazer das diferenças algo conhecido e comum a todos, a fim de que se construam valores de: respeito, amor ao próximo..., respeitando as diferenças, bem como as semelhanças.
Elisabete e Vania

O autor acredita na interdependência de semelhanças e diferenças. Acreditamos que para podermos classificarmos por semelhanças devemos ter a noção de diferença, pois desta forma estamos separando, diferenciando, logo, uma complementa, a outra.
Maria Olivia e Simone


Para podermos construir o conceito de semelhança é necessário que exista a diferença, que é o singular dentro da classificação.
Cinara, Daniela, Vera.

Podemos pensar que:
  1. de várias experiências iguais a pessoa constrói um conceito diferente;
  2. na construção do conhecimento, a pessoa elabora novos conceitos a partir do que já conhece e de novas suposições, idéias, hipóteses sobre algo diferente que estará construindo, e aí surge o diferente.
Marli e Monica


Na interação com o meio, vamos construindo, a partir dos esquemas que já temos, novos conceitos. É através do desequilíbrio com o desconhecido que modificamos nossos conhecimentos, ampliando nossa visão de mundo. Portanto é fundamental que se reconheça e se valorize as diferenças, para avançarmos no processo.
Adriana e Marino

Se no nosso cotidiano escolar só buscarmos e vivenciarmos as semelhanças, estaremos nos limitando a viver numa mesmice e deixando de adquirir novos conhecimentos e descobertas que só o "diferente" propicia.

PatiV. e Rosana


Só se percebe o que é diferente de acordo com os critérios que estabelecemos para definir o que é semelhante. A importância de se reconhecer a diferença é que é através dela que ampliamos nossos conceitos, nossos valores e mudamos nossa visão do mundo.
Na questão da construção de conhecimentos, às vezes o professor não consegue trabalhar com as diferenças, pois embora saiba que elas existem, não sabe como lidar com elas. Pode-se citar como exemplo a dificuldade em lidar com crianças com deficiência mental ou problemas psicológicos graves. Nós não fomos preparados para lidar com isso em nossa criação e nos cursos de magistério e licenciatura o professor é preparado para lidar só com os semelhantes.
Também é difícil lidar com os diferentes modos de aquisição de conhecimentos que os alunos possuem, bem como com os diferentes tempos que os mesmos têm para aprenderem. (Ana Claudia e Tatiana)


TAREFA 2 –
Em nosso cotidiano o conhecimento como semelhança é de mais fácil controle e assimilação, porém devemos complementá-lo com as diferenças, mesmo que estas causem insegurança e medo pois são elas que tornam o conhecimento mais significativo.

NILVA e MADELON


Tarefa2
Fátima Regina Fagundes Ivone Brandt
A Diferença tem a ver com a singularidade e ao mesmo tempo com diversidade, porque o diferente é o que esta entre nós, naquilo que é além de nós, naquilo que somos nós e não somos nós ao mesmo tempo.
Comentário: Nós educadores temos que respeitar as diferenças que compõem espaço escolar, professores, funcionários, alunos, pais, direção, comunidade, mantenedora, ... Olhares diferentes agregam e constroem habilidades e competências para a educação inclusiva.

A contrução do conhecimento ocorre com a identificação das diferenças e semelhanças dentro de um determinado paradigma. Uma coisa sempre vai complementar a outra, e aí entra a importância daquilo que é diferente no contexto.
Ivanete e Roges----



Um exemplo prático desta afirmação é a alfabetização. Os educandos chegam na escola com diferentes níveis, diferentes culturas, mas é exatamente esta troca que os faz crescer na construção do conhecimento.
Angela e Adilson



As semelhanças e as diferenças se completam, ambas são importantes , uma depende da outra e no dia a dia da escola devemos trabalhar com as duas para a construção do conhecimento.
Rose e Kiki.----



Pensamos que é preciso conviver em cooperação, respeitando a individualidade de cada ser humano enquanto sua originalidade (personalidade). Elsy e Patricia –Noite – 09.06.06

Semelhancas e diferencas fazem parte na construcao de conhecimento, nas relacoes inter-pessoais e sociais das quais fazem o dia a dia da escola e de modo geral em nossas vidas. O respeito as diferencas, a peculiaridade nos fazem termos mais familiaridade com as semelhancas.
Fátima Grochot - 17.06.06

A interdependencia destes conceitos está na multiplicidade das relações.'' O diferente é o que está entre nós, naquilo que somos nós e não somos nós ao mesmo tempo'.(Lino de Macedo). No dia-a-dia escolar ainda percebemos as ações mais voltadas para as semelhanças do que para as diferenças. Deveríamos estar mais comprometidas para as ações de inclusão.
Raquel M., Neci, Cátia, Carla, Luana e Gislaine